Aumenta número de acidentes de trabalho no trajeto casa-empresa

Os acidentes de trabalho de trajeto, que acontecem no percurso casa-trabalho-casa, tiveram elevação de 0,8% em 2009, na comparação com 2008. O aumento chama a atenção, porque o número total de acidentes de trabalho, levando em conta todos os tipos de ocorrências, recuou 4,3% no mesmo período. Todas as demais classificações por tipo de acidente - os considerados típicos dos ambientes de trabalho e as doenças profissionais, por exemplo - tiveram redução. Os dados são do Ministério da Previdência Social.


Em 2009, os acidentes de trajeto somaram 89,4 mil ocorrências, o que corresponde a 17% do total de acidentes de trabalho comunicados pelas empresas. Em 2004, essa fatia era de 13%. A tendência de aumento desses casos preocupa cada vez mais as empresas. Os acidentes de trajeto trazem para os empregadores as mesmas repercussões trabalhistas e tributárias que os acidentes ocorridos dentro do estabelecimento da empresa.

O diretor do departamento de política de saúde e de segurança do Ministério da Previdência, Remigio Todeschini, credita a elevação dos acidentes de trajeto ao aumento do número de trabalhadores e ao trânsito cada vez mais complexo nas grandes cidades. "A elevação da quantidade dos acidentes de trajeto é uma tendência mundial, ligada ao crescimento do mercado de trabalho sem correspondente evolução da infraestrutura de transporte coletivo."

O aumento dos acidentes de trajeto concentrou-se no setor de comércio e serviços, com avanço de 3,1% em 2009, na comparação com o ano anterior. Os segmentos de comércio e serviços estão entre os menos afetados pela crise em 2009 e os que tiveram crescimento acima da média no estoque de trabalhadores ocupados com carteira registrada.

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego mostram que o saldo total de trabalhadores formais cresceu em média 3,11% em 2009, em relação ao ano anterior. No mesmo período, o saldo de profissionais do comércio aumentou 4,2%, e o de serviços, 3,9%.



Segundo a Previdência, ao contrário de comércio e serviços, a indústria apresentou recuo médio de 2,8% no número de acidentes de trajeto em 2009, na comparação com 2008. Alguns segmentos classificados como indústria, porém, tiveram crescimento na quantidade dessas ocorrências.

O volume de acidentes de trajeto entre os trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil, por exemplo, aumentou 5,8%. Assim como comércio e serviços, o setor de construção foi um dos que apresentaram saldo de trabalhadores crescente em 2009. De acordo com o Ministério do Trabalho, o saldo de empregados na construção civil aumentou 9,2% em 2009 em relação ao ano anterior.

O diretor-superintendente da Associação Brasileira para Prevenção de Acidentes, Milton Perez, lembra que os acidentes de trajeto, embora fora do controle das empresas, têm grande repercussão sobre elas. Entram nas estatísticas do empregador, da mesma forma que os acidentes ocorridos dentro do estabelecimento da empresa. Atualmente, lembra, as companhias implementam programas de educação no trânsito e de direção defensiva, como formas de prevenção. O problema, lembra, é que os acidentes de trajeto envolvem a infraestrutura urbana e terceiros, que estão fora das possibilidades de atuação da empresa.

O professor e advogado especializado em trabalho Túlio Oliveira Massoni lembra que nos casos em que o acidente no percurso casa-trabalho-casa é considerado como "de trajeto", o empregado tem direito a estabilidade de 12 meses na volta ao emprego, após o período de eventual afastamento.

A ocorrência também entra na contabilização das estatísticas de acidente de trabalho da empresa usadas para calcular a alíquota do Seguro de Acidente do Trabalho (SAT), contribuição calculada sobre a folha de salários. O desempenho do empregador na prevenção de acidentes atualmente é levado em consideração para determinar a alíquota do tributo.

O impacto para o empregador também pode se estender para a esfera judicial. "Caso o acidente no percurso envolva um carro oferecido pela empresa, e o veículo não estiver inspecionado, por exemplo, o empregador fica sujeito a ação de indenização por danos materiais e morais." Mesmo nos casos em que não seja detectada uma falha da empresa, diz Massoni, há ainda a possibilidade de a empresa sofrer ação de indenização por responsabilidade objetiva, já que o acidente estaria dentro do risco da atividade do empregador.

Sergio Duarte Cruz, consultor da Marsh Risk Consulting, lembra que o total de dias perdidos por afastamento do trabalhador tende a ser muito maior nos acidentes de trajeto do que nos ocorridos dentro da empresa. Segundo levantamento da Marsh, o afastamento médio nos casos de acidentes típicos, ocorridos dentro da empresa, é de cerca de 15 dias. "Nos casos dos acidentes de trajeto, esse prazo médio é de, no mínimo, 30 dias."

Vídeos de desenhos animados. Uma paixão entre os meninos e as meninas

Desde o final do século XIX, os desenhos animados encantam as pessoas com suas histórias e originalidade, independente da idade ou classe social. O fenômeno dos primeiros vídeos de desenhos animados teve seu ápice após o lançamento de Mickey Mouse, pelo Estúdio Walt Disney em 1928, personagem que revolucionou a história dos desenhos. Focada em desenvolver ainda mais e garantir maior participação nesse mercado, a Disney lançou em 1932 o primeiro vídeo animado colorido: Flores e Árvores. Essa grande evolução fez com que outros estúdios investissem nessa nova tendência, surgindo assim personagens que ainda fazem sucesso, como: Betty Boop, Pernalonga, Tom e Jarry e Zé Carioca.

No início, o foco principal dos desenhos eram os mais velhos. As histórias eram mais difíceis de serem compreendidas e abordavam o cotidiano adulto. Com o passar dos anos, os desenhos animados começaram a focar-se principalmente nas crianças. Para que isso fosse revertido em sucesso, a forma como os desenhos eram criados, sofreram inúmeras  adaptações e foram deixando as histórias mais leves, com piadas engraçadas e muitas vezes com um objetivo educativo. Os vídeos para crianças logo se tornaram um sucesso absoluto e chamou a atenção dos meninos e das meninas.

Devido a essa grande aceitação por parte das crianças, vários vídeos de desenhos animados foram produzidos e continuam sendo pensados visando à adaptação para a realidade atual. Muitos deles se tornaram verdadeiros clássicos, agradando o espírito aventureiro dos meninos e as emoções das meninas. Entre os desenhos mais vistos pelas crianças destacam-se: os Filmes da Walt Disney (Rei Leão, Branca de Neve e os 7 anões, A Bela e a Fera, Cinderela, Peter Pan), Shrek, Mangás (Pokemón, Digimón, Naruto, Dragon Ball) e recentemente as animações em 3D (Toy Store, Procurando Nemo, A Era do Gelo, Os Incríveis, Madagascar).

A característica mais importante, e que deve ser sempre um parâmetro a ser seguido nas grandes produções, é o foco na mensagem que será transmitida para as crianças. Os pequenos se baseiam muito nas informações que adquirem em suas histórias favoritas. Por esse motivo, cabe aos pais e educadores buscarem informações sobre o que está sendo transmitido, para que sejam escolhidas as melhores histórias, capazes de ajudar na formação e na educação de seus filhos e alunos.

3 cidades e seus pratos típicos - Boas dicas para viajar

Conhecer um local novo gera sempre grande expectativa! E entre os principais itens que são importantes em uma viagem está à culinária. Alguns estudiosos afirmam que não é preciso muito mais para conhecer uma cultura local se você prova da comida, pois na gastronomia estão embutidos as preferências e costumes da população, através de um simples prato você consegue obter informações sobre a história do local. Separamos aqui três capitais com suas comidas típicas principais para você conhecer e se deliciar!

Salvador/BA

Salvador é uma das cidades mais importantes do Brasil quando o assunto é história nacional, pois o inicio do desenvolvimento do país se deu em terras baianas. Nela encontramos o melhor bairro histórico do país que é visto por muitos como um verdadeiro tesouro, sua arquitetura colonial portuguesa é conservada e seus monumentos são belas obras – O Pelourinho. Sua beleza, povo hospedeiro, alegre e os diversos hotéis em Salvador com vista para as praias exuberantes fazem qualquer um se encantar pela cidade. Mas nada como as deliciosas comidas baianas que só a capital tem a oferecer. Os pratos típicos da cidade têm a fama de ser sempre apimentadas, coloridas e com um sabor único do frescor dos ingredientes quando salgadas e quando doces exalam um cheiro e um sabor inigualável.  Caruru, moquecas de dez tipos diferentes, acarajés, vatapá, abará e a farofa de três dias... Tudo regado com muito azeite de dendê são iguarias baianas para comer rezando... Em agradecimento!

Curitiba/PR

Essa cidade é uma das mais importantes quando o assunto é turismo na região sul. Visitar os bosques, praças e parques e se hospedar em bons hotéis em Curitiba pode ser uma experiência encantadora. Além disso, conhecer a cultura local e passear pelas casinhas coloridas no Largo da Ordem é um prazer inenarrável; conhecer os cartões postais como Jardim Botânico ou a Ópera de Arame podem proporcionar incríveis lembranças, mas provar a famosa Carne de Onça é garantir que a viagem não foi em vão. A comida com um nome diferente e sabor peculiar é o prato típico de Curitiba. O restaurante que não o contem no cardápio já começa com um ponto a menos na cotação. Feito com alcatra fresca moída, uma fatia de broa preta e misturada com ovo cru para dar liga, sal e pimenta do reino, coberta com uma generosa camada de cebola e cheiro verde e recheada com azeite de oliva e mostarda escura são de saborear lambendo os beiços. Além da Carne de Onça, uma outra boa dica com relação ao culinária curitibana é conhecer as churrascarias, principalmente os “Costelões” – restaurantes especializados em servir a deliciosa e macia Costela. Muitos deles ficam abertos 24h, por isso, independente da hora que a fome chegar, você provavelmente encontrará um costelão para lhe atender.

Belo Horizonte/MG

Quem visita a capital mineira fica extasiado com a beleza do seu cenário. O complexo de Pampulha, o Parque Municipal Américo Rennée Gianetti e o Museu de Artes e Ofícios são paradas obrigatórias de encher os olhos com tanta beleza. Porém, além do exuberante turismo cultural, a culinária mineira é um dos atrativos responsáveis pelo aumento da procura pela cidade. Dentre os queridinhos destacam-se o feijão tropeiro, o frango com quiabo e o imbatível Pão de Queijo mineiro, todos presentes nos cardápio dos melhores hotéis em Belo Horizonte. A comida mineira faz com que quem a prove vire fã de imediato. E quem resiste acaba cedendo, já que o cardápio mineiro é insuperável! Com certeza, você não se arrependerá ao provar cada uma dessas delícias. Ao final de sua visita a BH, exercícios para recuperar a forma serão necessários...

Belo Horizonte, Curitiba ou Salvador... Seja qual for o seu destino acesse o site da FalaTurista para fazer sua reserva de hotel e boa viagem!

 

3 aplicativos grátis para celulares que podem melhorar a sua saúde

Hoje em dia os aplicativos para celulares viraram “febre“ no Brasil e no mundo.  É praticamente impossível de se encontrar um celular sem aplicativos. O whatsApp por exemplo é um dos mais acessados em todo o mundo.

Há também milhares de aplicativos de diversas finalidades espalhados na loja Google Play. E porque não usar essa tecnologia que estar presente em nossas vidas a favor da nossa saúde?

E o artigo de hoje é exatamente para isso, para te mostrar 3 aplicativos grátis para ajudar a melhorar a sua saúde.

1- Hydro

A bebida mais saudável que existe é a água, mais, nem todos se lembram de beber essa importante bebida. De acordo com os especialistas, devemos beber de 2 ou 3 litros por dia, isso deve pelo fato de diversos estudos que comprovaram que a água é um importante aliado para uma saúde de ferro.

E esse aplicativo Hydro pode te ajudar nesse quesito, a função dele é te lembrar a beber esse importante liquido. Basta adicionar um lembrete e o horário e pronto, ele te avisara.

2- Runtastic Road Bike

Andar de bicicleta pode te proporcionar inúmeros benefícios, como a tonificação das pernas. Braços, ou seja, melhorar o seu condicionamento no geral. E o aplicativo Runtastic pode te ajudar nessa questão.

Ele mapeia todo o trajeto por GPS e lhe dá um mapa de como foi o seu rendimento em cada fase.

Vale lembrar que esse aplicativo é inglês.

3- The Johnson & Johnson Official 7 Minute Workout

Esse aplicativo é para você que deseja melhorar o seu condicionamento físico e perder quilos. Esse aplicativo contem cerca de 1.000 treinos diferentes, níveis que vão de iniciantes até atletas profissionais.

O único ponto negativo desse aplicativo que ele não tem tradução para português, porem, isso não deve ser problema, porque o mesmo tem a navegabilidade muito fácil de se mexer.